Informativo 002

26 de julho de 2018

INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA – O crescimento das aprovações do BNDES no primeiro trimestre foi puxado pelo setor de infraestrutura, que respondeu por 41%, ou R$ 6,6 bilhões, das novas operações aprovadas pelo BNDES, no valor total de R$ 16 bilhões. O setor também foi o que recebeu mais recursos do Banco de janeiro a março deste ano, tendo ficado com R$ 4 bilhões, ou 36% do total desembolsado.

O destaque em Infraestrutura, com R$ 1,7 bilhão em liberações, foi o segmento de energia elétrica, sobretudo os investimentos em parques eólicos no Nordeste — região que recebeu R$ 2 bilhões no trimestre e R$ 13,6 bilhões nos últimos 12 meses encerrados em março, com crescimento de 15% na comparação com os 12 meses anteriores.

Nos demais setores apoiados pelo BNDES, os desembolsos foram de R$ 2,7 bilhões em agropecuária (24,4%), R$ 2,6 bilhões (23,5%) para comércio e serviços e R$ 1,8 bilhão (15,9%) para Indústria.

Fonte: https://goo.gl/inbVn9

20% de aumento na produtividade até 2022 – A indústria brasileira aumentou sua produtividade por trabalhador em 8% de 2000 a 2016, enquanto a Coreia do Sul aumentou 118% e a Argentina 27%. Para enfrentar de forma competitiva o mercado global, se estabeleceu acelerar a performance do país, elevando nossa produtividade em 20% nos próximos 4 anos. Para isso, deve ser ampliado os investimentos em inovação e tecnologia.

Matéria Completa / Fonte: https://goo.gl/BQdPeH

Lembre-se: além dos serviços relacionados ao BNDES, a TG atua com consultoria focada no aumento da produtividade e organização de tarefas e operações. Consulte nossos serviços.

Solicite seu orçamento via WhatsApp