Informativo 007

16 de janeiro de 2019

BRDE – O BRDE expandiu sua carteira de investimentos em 2018 principalmente em função da captação de recursos externos junto a Agência Francesa de Desenvolvimento e ao Banco Europeu de Desenvolvimento. O foco dos recursos estão relacionados a investimentos para Produção e Consumo Sustentáveis, englobando diversos projetos com esta finalidade, sendo o mais tradicional o investimento em energia fotovoltaica.

Fonte: https://bit.ly/2RPXcIB

INOVAÇÃO – A FINEP e o BNDES após redução de 25% nos desembolsos para inovação no ano passado, apresentam linhas reestruturadas e mais atrativas para a indústria.

A Finep diminuiu a taxa de sua linha mais demandada, chamada Inovação Pioneira, de TJLP + 1,5% para TJLP + 0,5%. No caso do BNDES, a instituição reduziu seu spread nos empréstimos relacionados à inovação. Os prazos máximos também foram alongados, de 12 para 20 anos. Este ano também começa a funcionar o programa BNDES Direto 10, com processo de financiamento simplificado para companhias que buscam entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões, incluindo também projetos inovadores de pequenas empresas. Fonte: https://bit.ly/2SZcHLG

Lembre-se: além dos serviços relacionados ao BNDES, a TG atua com consultoria organizacional. Consulte nossos serviços.

Att.:
Tiago Guerra
Engenheiro de Produção
Me. Sistemas e Processos Industrias
www.tgempresarial.com.br

Solicite seu orçamento via WhatsApp